Cinta modeladora: da antiguidade aos dias atuais

setembro 24, 2017


cinta modeladora | moda | roupas | corselete | corpete | moda 2018 | moda 2017 | moda feminina

Os padrões de beleza mudam, mas, o uso da cinta modeladora continua para aquelas que querem reduzir um pouquinho as medidas da cintura. Hoje, vamos falar sobre ela!

Infelizmente, procurar formas de se adaptar à moda da época é uma cultura enraizada em nossa sociedade há décadas. Na antiguidade, mulheres se apertavam dentro de espartilhos para ter a "silhueta perfeita", em contraste a um largo quadril e seios fartos. cinta modeladora | moda | roupas | corselete | corpete | moda 2018 | moda 2017 | moda femininaFelizmente, padrões vem sendo cada vez mais antiquados nos dias de hoje, mas, ainda assim, uma cintura fina permanece como objetivo de algumas mulheres por questão de gosto. E, para alcançá-lo, recorrem ao uso da cinta modeladora.

cinta modeladora | moda | roupas | corselete | corpete | moda 2018 | moda 2017 | moda feminina

O corselete foi uma das peças com o mesmo objetivo da cinta modeladora, utilizado no início do século XIV; neste período, homens e mulheres faziam uso do artefato. Com o tempo, somente as mulheres o utilizavam em looks com saias longas e volumosas. Até a Idade Média, os seios eram sustentados por esses corseletes; com o tempo, a peça se tornou mais rígida e pesada e passou a ser chamado 'espartilho'.

 

cinta modeladora | moda | roupas | corselete | corpete | moda 2018 | moda 2017 | moda feminina

O Renascimento foi o período em que a sensualidade e o erotismo feminino eram exaltados e, durante o século XV, a atenção era voltada para os seios - fase que também favoreceu o uso de corseletes e corpetes; mais tarde, o vestuário tornou-se mais rígido e surgiu então o corpete despontado. A partir daí, a peça passou por muitas mudanças, mas, continua sendo muito usada para modelar o corpo até os dias de hoje - para quem assim o quer. Atualmente, é batizada de cinta modeladora.

cinta modeladora | moda | roupas | corselete | corpete | moda 2018 | moda 2017 | moda feminina

Excesso não é bom para nada e, com a cinta modeladora, não é diferente. Existem tipos de cinta para vários objetivos, além de deixar a cintura mais fina e curvilínea. É necessário escolher com cuidado o modelo e tamanho, para que estes se adaptem corretamente ao seu corpo, evitando problemas de circulação ou lesão na pele, por exemplo.

Das funções da cinta modeladora que vão além da estética estão a indicação para problemas posturais e para o uso pós-operatório - de cirurgias como cesária e/ou lipoaspiração.

cinta modeladora | moda | roupas | corselete | corpete | moda 2018 | moda 2017 | moda feminina

Imagens: reprodução - Pinterest.

As cintas modeladoras precisam ser feitas com materiais de qualidade; os mais indicados são microfibra e elastano, que oferecem mais conforto e movimento durante o uso. Para quem quer aderir à cinta, mas tem dúvidas, veja opções de looks onde pode se tornar mais apropriado incluí-la:

  • vestidos de festa;
  • calças flare;
  • camisas mais justas;
  • peças de tecido bem maleável no geral.

É importante lembrar: estar com a cintura fininha ou "esconder" gordurinhas não é imposição alguma, pois, diferentemente da década de XV, hoje a moda nos dá cada vez mais liberdade de escolhermos quem queremos ser. Está é a apenas uma dissertação a respeito da peça originária do espartilho, dedicada a quem gosta de usar.

MAIS: Emagrecimento e definição - como alcançar estes dois objetivos com saúde?

E vocês, curtem usar cinta modeladora? Deixem sua opinião!

Até a próxima!!

Jacqueline Gonçalo 

[colaboração].

 

Deixe um comentário